Arquivo da tag: engenharia

ABNT cria novas regras para reformas

Associação Brasileira de Normas Técnica publicou no dia 18 de abril novas regras para quem pretende fazer reformas. Trata-se da NBR 16.280/14 – “Reformas de Edificações – Sistema de gestão reformas – Requisitos”, cujo intuito de garantir a segurança e a estabilidade das construções.

De acordo com as novas regras será necessário o acompanhamento de um profissional habilitado, seja um engenheiro ou arquiteto, para o caso de serviços que envolvam instalações elétricas, hidráulicas e ou alteração estrutural. A nova norma só ratifica a obrigatoriedade do acompanhamento do profissional habilitado no CREA.

Serviços simples, como a troca de fechadura, pintura e outros pequenos reparos poderão ser executados sem acompanhamento e caberá ao sindico ou responsável pelo condomínio exigir a documentação para liberar a execução dos reparos que houver a devida necessidade.

A norma surge tardiamente, tentando corrigir o que há muito tempo vemos acontecer de forma errada: “profissionais” sem a devida habilitação executando serviços dos mais diversos, seja em obras novas ou reformas de qualquer monta.

Como exemplo destes absurdos, temos o nivelamento entre o piso da varanda e o da sala para ampliá-la, em que muitas vezes o preenchimento é executado sem levar em conta a sobrecarga que está sendo aplicada sobre a laje. Já pensou qual será a sobrecarga aplicada sobre a estrutura do prédio se todos os condôminos executarem a mesma obra? Essa sobrecarga foi considerada em projeto?

Anúncios

Desastres em construções: até quando?

Hoje tivemos a noticia de mais uma tragédia, do desmoronamento de parte de um edifício em São Bernardo do Campo (SP), com pelo menos uma vitima fatal confirmada até o momento. Se isoladamente o caso já chama a atenção, acaba por ganhar destaque, devido ao recente desmoronamento de três prédios no centro do Rio de Janeiro.

Em ambos os casos serão feitas pericias em busca das causas dos acidentes, que correm em paralelo às variais teorias levantadas sobre as suas possíveis causas, como uma explosão, colapso por deterioração da estrutura, execução de obras internas e modificações estruturais.

Não podemos ser levianos e nos basearmos em achismos, mesmo porque não temos acesso às informações para supormos conclusões, mas precisamos sim ficar atentos aos acontecimentos e cobrar respostas e providencias sobre os casos, para que fatos como estes não mais ocorram.

É preciso lembrar que estes acidentes não são tão incomuns, já que há não pouco tempo tivemos a abertura da cratera na linha Amarela do metrô em São Paulo (2007), o caso do Palace II – no Rio de Janeiro (1998), o desabamento da marquise de um hotel no Rio de Janeiro (2007) e tantas outras, que apesar de causas distintas, estão ligadas a questões com suas obras e construções.

CUB cai em São Paulo no mês de outubro

O valor do CUB (Custo Unitário Básico) do mês de outubro na cidade de São Paulo teve pequena queda de 0,02% comparado ao mês de setembro. No ano o acumulado é de 3,46%.

Segue o link para matéria publicada no site Investimentos e Noticias.

 http://www.investimentosenoticias.com.br/ultimas-noticias/tempo-real/custo-da-construcao-em-sp-tem-ligeira-queda-em-outubro.html