INCC de setembro de 2012

O INCC – Índice Nacional da Construção Civil de setembro de 2012 teve alta de 0,21% em relação ao mês anterior, porém houve desaceleração se comparado ao mês de agosto que teve alta de 0,32%. O acumulado no ano e de  6,43%.

Houve uma leve desaceleração no mercado de construção, mas a tendência normal é que nos últimos meses do ano o mercado volte a crescer com alguma possibilidade de eventuais aumentos nos produtos de acabamento e mão de obra em geral.

Anúncios

Venda de imóveis diminui em São Paulo

A venda de imóveis em São Paulo vem caindo nos últimos meses, tanto no segmento de novos como no de usados. É o que ponta recentes pesquisas divulgadas pelo CRECI/SP – Conselho Regional de corretores de Imóveis de São Paulo e pelo SECOVI/SP – Sindicato da Habitação de São Paulo.

No caso da venda de imóveis novos, houve um recuo de 8,5% no mês de Julho em relação ao mês de junho. Em relação ao consolidado ao ano, a queda em relação ao ano anterior é de 5,1%. Já para os imóveis usados a queda é mais representativa e chega a 32% e na locação 18%, comparando-se os meses de Junho e Julho.

O Presidente do CRECI acredita, no entanto, que a tendência seja de aumento dos negócios nos próximos meses, devido ao grande déficit acumulado no setor. A mesma opinião tem o SECOVI, que estima uma reação do mercado, fechando o ano com alta de 10% nas vendas, número, alías, bem acima dos 2% que o governo projeta para o crescimento da economia no Brasil.

Deixando estimativas e números de lado, o certo é que o mercado imobiliário vive dias de incerteza. Para quem pensa em investir nos setor fica o sinal de alerta, e para quem precisa comprar um imóvel novo ou usado, os preços e condições devem se tornar mais favoráveis.

INCC-M Junho de 2012

Índice Nacional da Construção Civil (INCC-M) referente ao mês de junho de 2012, ficou em 1,31% acima do mês anterior (1,30%). No ano acumulado é de 4,98%. Esse aumento ainda está sendo carregado principalmente pela mão de obra que em geral vem subido em todos os segmentos.

Imagem

Argamassa Cimentcola para Drywall

É cada vez maior o número de obras que utilizam as paredes de gesso acartonado (Drywall), método construtivo que proporciona mais rapidez na execução da obra.

De olho neste segmento, a USINA FORTALEZA lançou a Cimento Colante Drywall, argamassa cimenticola para aplicação de revestimentos cerâmicos e porcelanatos diretamente sobre a placa Drywall, de uso interno, em embalagens de 20Kg.

O sistema de aplicação da argamassa é idêntico ao usado em paredes convencionais, de acordo com a área da peça.

A embalagem do produto oferece informações técnicas e o manual de aplicação, aumentando a facilidade e segurança de resultados.

Usina Fortaleza

Argamassa Cimenticola para uso em Drywall

INCC-M Maio de 2012

O Índide Nacional da Construção Civil (INCC-M) referente ao mês maio foi de 1,30%, alta que foi puxada principalmente pela mão de obra que subiu 2,22% em relação ao mês anterior. O valor acumulado neste ano é de 3,63%.

A expectiva que no proximo mês apesar da desaceleração do mercado, ainda sim teremos uma variação positiva, puxada pelos materiais.

 

Pacote de incentivo para o setor da construção e autos

O governo federal estuda novas medidas de incentivo para o mercado automobilístico e o da construção civil, que nos últimos meses vem sofrendo desaceleração. Os incentivos incluem isenção de IPI, novas linhas de crédito e maior participação dos bancos públicos.

Segundo o governo, com a falta de crédito “fácil” para financiamento do setor, muitos bancos estão endurecendo a sua política por conta do aumento do endividamento e do crescimento da inadimplência. Para cada dez pedidos de financiamento para reformar ou construir, somente dois são aprovados.

É certo que o governo deveria fazer é uma profunda reforma tributária, que há tantos anos vem sendo debatida e muito pouco ou quase nada avança, pois qualquer outra medida de incentivo é meramente paliativa e não cria uma base sólida de crescimento, que possa se consolidar para o bom momento do mercado interno.

Entre as medidas a se tomar, um bom começo é acabar com a guerra fiscal entre os estados, com ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços), ajustar a alíquota do imposto de renda, adequar o sistema trabalhista, entre tantas outras.

Para quem tiver interesse no assunto, a Folha de S. Paulo disponibiliza a versão online da matéria publicada, no último sábado, dia 19/05, sobre o assunto:

http://acervo.folha.com.br/fsp/2012/05/19/10/

Aumento de patrimônio – Aprenda com o Sr. Aref

A Folha de São Paulo de hoje, 14 de maio de 2012, traz a matéria feita pelos jornalistas Evandro Spinelli e Rogério Pagnan, sobre a evolução patrimonial do Sr. Hussain Aref Saab, que adquiriu 106 imóveis durante os sete anos em que, coincidentemente, atuou como diretor responsável pela aprovação de empreendimentos imobiliários acima de 500,00m2.

Segundo a reportagem, a renda mensal declarada do Sr. Saab é de 20 mil reais e do ano de 2005 até hoje o patrimônio acumulado por ele é de R$ 50mil, o que nos leva a tentar entender sobre contas. Mais do que isso, aprender com o citado como é possível obter resultados tão expressivos.

Para que tiver interesse no assunto, a Folha disponibiliza na TV FOLHA outras informações interessantes.

http://www1.folha.uol.com.br/multimidia/videocasts/1089561-diretor-de-kassab-compra-106-imoveis-em-7-anos-veja-video.shtml